Para iniciar a jornada ágil em uma organização, independente do modelo de negócio, é necessário contar com estratégias que estejam alinhadas a um modelo de gestão inovador. Uma das maneiras bem sucedidas de implementar a cultura ágil nas organizações é adotar novas formas de trabalho, como a organização de equipes por squads para identificar oportunidades de inovar, a partir da construção de um mindset colaborativo.

Squads tiveram início e foram desenvolvidos no Spotify em 2014. Squad refere-se a um termo em inglês que significa esquadrão ou pelotão que consiste na formação de pequenos grupos de trabalho, com um objetivo em comum para resolver uma demanda específica, com um prazo para entregar.

Essa estratégia ágil, contempla o planejamento adaptativo, criação de times autogerenciáveis e multidisciplinares com propósito de promover a melhoria contínua no desenvolvimento de produtos e serviços, a partir dos valores e princípios descritos no Manifesto Ágil

A ferramenta promove a inovação, estimulando a criatividade, comunicação e trabalho em equipe ao organizar as pessoas de acordo com os projetos específicos de trabalho e não por área de atuação. 

Por meio de um sistema de estruturação de trabalho de equipes autônomas e multidisciplinares, a formação de squads reúne profissionais de diferentes áreas de atuação e habilidades interpessoais distintas que se complementam e agregam valor à entrega. Dessa forma, promovem agilidade nos processos de concepção de produto e solução de problemas com intuito de atingir um objetivo específico da empresa – em um curto ou médio prazo.

Acesse o eBook: Metodologias ágeis para equipes de alta performance para se aprofundar no tema e compreender como a estratégia ágil é considerada aliada da cultura de inovação nas organizações. Continue a leitura do artigo para entender como algumas empresas consideradas referências de mercado estão adotando squads para tornarem-se ágeis.

Exemplo de organizações que adotam Squads

A metodologia Squad tem se mostrado eficiente em muitas empresas inovadoras para lidarem com as mudanças complexas e em ritmo acelerado que se apresentam. Confira cases de empresas nacionais que adotam a estratégia ágil de forma bem sucedida: 

Magazine Luiza

Magazine Luiza, foi eleita uma das melhores empresas do varejo brasileiro para trabalhar, de acordo com a pesquisa do instituto Great Place to Work. O reconhecimento é consequência do alto engajamento das equipes. 

Uma das iniciativas implementadas pela empresa para acelerar seu crescimento no ambiente digital foi criar o laboratório de inovação LuizaLabs, em 2011, que foca no desenvolvimento de produtos e soluções digitais. Ao implementar a cultura de uma startup, com adoção de metodologias ágeis e incentivo à inovação, o LuizaLabs vem impulsionando o crescimento do e-commerce da grande varejista. 

Grupo Boticário

O Grupo Boticário vem se transformando, aderindo metodologias ágeis para promover a inovação seja na área de laboratório, pesquisa, fábrica, logística, marketing e varejo. As práticas adotadas pela empresa estão pautadas na inovação, priorização da tecnologia e bem-estar, visando ganho de agilidade e eficiência.

A empresa do segmento da beleza acredita que as diferenças são as maiores alavancas do crescimento e da inovação. Nesse sentido, investiu no desenvolvimento dos squads. São grupos de trabalho formados para garantir que os compromissos da empresa sejam desdobrados nas diferentes dimensões da organização. Entre as frentes de atuação está a de garantir que a comunicação das unidades de negócio representem a diversidade da população brasileira, sem estereótipos, garantindo que os produtos atendam na totalidade as diferentes manifestações de beleza do Brasil.

Recentemente, a empresa anunciou a implementação de novos modelos de trabalho para seus mais de 12 mil colaboradores por todo o país. As áreas administrativas da companhia passam a trabalhar de forma 100% remota, enquanto as demais serão divididas entre os modelos híbrido e presencial, de acordo com as atividades desempenhadas. 

Gupy

A HRtech Gupy, que recebeu recentemente maior aporte já realizado em uma startup fundada por mulheres na América Latina, atende cerca de 1,5 mil clientes como Ambev, Cielo, GPA, Vivo e Renner. A empresa vem dobrando de tamanho ano a ano e pretende manter esse ritmo em 2022.

A Gupy tem hoje o Portal de Vagas, onde são publicadas 20 mil vagas por mês, tendo uma base de dados tem 22 milhões de cadastros. Registrando 6 milhões de novos cadastros. Por ser uma empresa nativa digital, a empresa aplica a ferramentas ágeis como squads para inovar seus produtos e serviços. Além disso, como forma de ajudar a implementar as novas metodologias para tornar o RH ágil, a Gupy desenvolve conteúdos exclusivos sobre o tema

Deseja aprofundar seu conhecimento sobre o tema para remodelar o modelo de negócio e tornar sua organização ágil? Veja nossos cursos online.