Diante de um cenário de intensas e aceleradas mudanças, as relações de trabalho passam por profundas transformações, fator que exige repensar o futuro da liderança dentro das organizações. Afinal, o papel do líder torna-se cada dia mais indispensável para atender a uma nova dinâmica de mercado.

A liderança do futuro deve conduzir mudanças disruptivas nos ambientes organizacionais. Usando a tecnologia como aliada, o líder do futuro é capaz de gerenciar pessoas e não apenas processos, desenvolvendo um olhar humanizado e rompendo com hierarquias rígidas para adaptar-se às normas formas de trabalho e perfis de colaboradores de mentalidade inovadora, proativa e empreendedora. 

Apesar das tecnologias impactarem os processos organizacionais e as metodologias de gestão, habilidades como criatividade e colaboratividade serão cada vez mais valorizadas no perfil da liderança nos próximos anos.

“A liderança do futuro é uma liderança mais humana, combinada com o mindset digital e a coragem em assumir riscos calculados em um contexto incerto e complexo.” - Paulo Alvarenga. 

Uma pesquisa feita pelo Cegos Group, revela as habilidades-chave para uma liderança realmente preparada para atuar no contexto atual. 

Competências da liderança do futuro  

As principais competências do líder do futuro estão associadas a habilidades humanas como criatividade, comunicação assertiva e equilíbrio emocional, sendo consideradas indispensáveis para potencializar os resultados dentro das organizações.

Adaptabilidade

Adaptar-se a um cenário complexo e de extrema incerteza é uma das principais habilidades que a liderança deve desenvolver para lidar com os desafios do mercado de trabalho.

Confiança

Construir um ambiente de trabalho saudável que inspire confiança aos colaboradores e autonomia nas relações de trabalho é essencial, pois a iniciativa impacta diretamente na produtividade dos times e na eficiência dos processos organizacionais

Assista ao webinar sobre o tema confiança em times em trabalho remoto.


Neuroliderança

O modelo de liderança do futuro adota a Neuroliderança, visando compreender e identificar emoções para gerenciar comportamento dos liderados e influenciar positivamente no clima organizacional, no bem-estar e no desempenho dos colaboradores.

Convergência e divergência

A liderança do futuro preza pela diversidade como diferencial competitivo, investindo no desenvolvimento profissional do capital humano da organização para desenvolver times criativos, engajados e produtivos.

Mindset digital

O líder do futuro deve promover uma cultura prioritariamente remota, conciliando competências essencialmente humanas ao mindset digital para tornar a organização inovadora e bem-sucedida. 

Coragem

A liderança do futuro possui coragem em assumir riscos calculados em um contexto incerto e alta complexidade, buscando soluções frente aos desafios impostos.

Inovação

É preciso adotar a cultura da inovação, em que o papel da liderança é estimular a criação de equipes ágeis e multidisciplinares com foco em inovação, valorizando as competências e potencialidades de cada profissional. 

Confira a pesquisa sobre os principais desafios da liderança no contexto atual e desenvolva as habilidades necessárias para atuar no mercado de trabalho do futuro. 

Cenários e tendências do mercado de trabalho

No estudo “Perspectivas para o Mercado de Trabalho 2022” a PageGroup considera que o modelo de trabalho híbrido deve prevalecer em 2022. Com a flexibilização das normas de distanciamento, houve um retorno parcial ao escritório em todos os países que fizeram parte do estudo, com 37,5% dos profissionais. Ainda assim, cerca de 20% dos participantes continuam a trabalhar exclusivamente em casa. 

O Brasil é o país com a maior porcentagem de colaboradores em esquema presencial, ainda que de forma escalonada: 44,3% afirmaram que estão trabalhando na modalidade híbrida ou mista.

A pesquisa apontou ainda que mais da metade dos profissionais da região, 53,3%, estão abertos a receber ofertas de trabalho. Nesse sentido, os desafios apresentados no futuro do trabalho impõem a necessidade cada vez maior das organizações em atrair e engajar as pessoas. Segundo levantamento do LinkedIn, o cargo que mais vai se destacar no mercado de trabalho em 2022 é o do recrutador especializado em tecnologia. 

Milton Beck, Diretor Geral do LinkedIn para América Latina, vê que as profissões em alta na tecnologia estão mudando a demanda por competências e direcionando o mercado de trabalho do futuro.

Por isso, adaptar a cultura organizacional, bem como o seu modelo de negócio para gerenciar equipes alinhadas às tendências e aos possíveis cenários do futuro é de extrema importância para que a liderança corporativa atenda às necessidades que o contexto atual demanda.

Conheça os cursos e palestras que ofereço sobre liderança e inovação para capacitar e motivar os líderes e colaboradores da sua empresa a adaptarem-se às novas formas de trabalho.