Siga minhas redes

Inteligência artificial no RH: saiba como a AI está revolucionando o futuro do trabalho

Futuro do Trabalho

Compartilhe nas redes

Ai Rh

Você já deve ter visto no LinkedIn a mensagem “Veja como você se compara a tantos candidatos” no anúncio de uma vaga. Esse é um exemplo simples de como aplicar Inteligência Artificial no RH. Afinal, a ferramenta indica para o candidato e para os recrutadores quão qualificado alguém é para uma determinada vaga.

No exemplo do LinkedIn, o que a Inteligência Artificial faz é cruzar as competências de cada candidato para facilitar as atividades de recrutamento e seleção. Ainda nessa função, a IA pode garantir maior assertividade e mais eficiência para finalizar os processos seletivos.

Mas a Inteligência Artificial pode ajudar o setor de Recursos Humanos em diversas outras tarefas, como análise de desempenho e gerenciamento de dados. Continue a leitura e saiba quais os benefícios de implementar inteligência artificial no RH.

O que é inteligência artificial?

Inteligência Artificial é a mimetização ou simulação de uma inteligência humana em sistemas e programas de computação. A IA, como é conhecida, é capaz de analisar um grande volume de dados em um curto período de tempo, executando rapidamente tarefas que precisariam ser realizadas por humanos.

Através do aprendizado de máquina (machine learning), o sistema pode compreender parâmetros e critérios que a empresa gostaria de aplicar sobre um determinado banco de dados. Dessa forma, a gestão se torna automatizada.

Esse aprendizado é conduzido por uma equipe de profissionais, como cientistas de dados e pessoas desenvolvedoras. Elas ajustam frequentemente a máquina ou programa para fornecer respostas cada vez mais precisas. Com o tempo, a máquina compreende os parâmetros e realiza as ações automaticamente, sem que seja necessária uma nova intervenção humana.

Tarefas do RH que podem ser auxiliadas por IA

No caso da inteligência artificial aplicada aos Recursos Humanos, ao utilizar a IA na seleção de candidatos, por exemplo, podem ser colocados filtros que digam quem é mais adequado à vaga. Nesse fluxo de trabalho, a equipe não precisa analisar centenas de currículos recebidos. Essa automatização ajuda na eficiência das tarefas, tais como:

  • pesquisa de Clima Organizacional: identificar necessidades dos colaboradores para melhorar o ambiente de trabalho;
  • desenvolvimento de profissionais: compreender pontos fortes e fracos dos colaboradores, tendo eficiência nas avaliações;
  • Engajamento de talentos: captar informações para valorizar pessoas colaboradoras, colocando os profissionais certos nas funções mais adequadas aos perfis;
  • comunicação interna: centralizar e sincronizar documentos e informações, minimizando ruídos na comunicação organizacional;
  • engenharia de cargos: observar o desempenho dos colaboradores, suas habilidades a fim de incentivá-los a novas posições na empresa;
  • gerenciamento e análise de dados: monitorar absenteísmo, atrasos, falta de motivação, entre outros que podem prejudicar a continuidade do trabalho.

Com todos esses dados em mãos, é possível tomar decisões de forma mais rápida e mais assertiva, o que leva a uma otimização de resultados em vários outros setores de uma empresa.

Benefícios da IA como aliada do RH

A eficiência é um dos grandes benefícios do uso de inteligência artificial em qualquer setor, e com o RH não é diferente. Além de a Inteligência Artificial otimizar o tempo dos colaboradores na realização de atividades repetitivas, também minimiza erros de estratégia, contratação de pessoas e turnover que podem custar caro à empresa.

Ao dedicar menos tempo para análise de dados e funções manuais repetitivas que podem ser feitas pelas máquinas, o time de Recursos Humanos tem mais tempo para focar em outras atividades mais estratégicas e menos burocráticas.

A gestão de pessoas pode se tornar um aliado da diretoria, com envolvimento nas estratégias de negócios, não sendo apenas um setor reativo e burocrático.

Outro benefício é a redução de custos para a empresa. O uso de computadores minimiza o uso de papel e a necessidade de espaço físico para armazenar documentos e relatórios. As planilhas deixam de ser feitas à mão e já não há mais necessidade de analisar cada dado separadamente em cópias impressas.

Ainda em relação à economia de recursos, com a eficiência das tarefas realizadas, a equipe consegue diminuir as horas extras dedicadas a análises manuais de dados, que são muito mais demoradas e podem levar a erros.

Além desses benefícios, a tecnologia relacionada à Inteligência Artificial no RH proporciona segurança de dados. Isso porque os sistemas geralmente possuem armazenamento em nuvem com backups constantes e criptografia para impedir ataques e acessos por terceiros que não façam parte da empresa.

A nuvem retira a dependência de um servidor local para armazenar os dados, que, além de ocupar muito espaço e utilizar muita energia, também é passível de falhas e perdas de backups em caso de acidentes.

Como implementar Inteligência Artificial no RH das organizações

Com o avanço da Inteligência Artificial nas últimas décadas, hoje já existem diversas ferramentas e softwares disponíveis no mercado, com as mais variadas funções. Se a sua empresa precisa de mais eficiência, economia de recursos e posicionamento estratégico por parte do setor de RH, é necessário buscar ferramentas que possam suprir os principais gargalos do setor.

Lembre-se que, a longo prazo, o investimento em tecnologia sempre é favorável e é importante não encarar a Inteligência Artificial como um gasto, e sim como um investimento.

O futuro do trabalho está cada vez mais voltado para tecnologia e inovação devido à melhoria significativa que elas trazem para as tomadas de decisão, minimização de erros que podem ser fundamentais para a saúde financeira e eficiência de tarefas. Afinal, as decisões agora serão tomadas com base em dados sólidos, e não mais em opiniões e critérios subjetivos. Dados não mentem.

Aliás, a participação da equipe de RH na implementação dessa tecnologia é fundamental, principalmente para o machine learning, potencializando os resultados e extraindo o melhor das ferramentas utilizadas.

Inteligência Artificial no RH e o racismo dos algoritmos

Mas nem tudo é sempre positivo e favorável.  É inegável as vantagens de tornar o RH mais estratégico e menos operacional, não precisar ler pilhas de currículos, cruzar dados. Contudo, ferramentas de IA têm excluído dos processos seletivos pessoas negras, trans e outros grupos minorizados.

A pauta é tão urgente que até já ganhou nome: racismo do algoritmo. Para Tarcízio pesquisador e autor do livro “Racismo Algorítmico: Inteligência Artificial e Redes Digitais” é preciso quebrar esse paradigma que a tecnologia é neutra.

Faça o seguinte exercício, olhe as conexões que o Linkedin recomenda para você: quantas pessoas negras existem? Poucas, certo? Não é diferente nos processos seletivos. Afinal, os dados coletados pelas ferramentas de inteligência artificial no RH são alimentadas por quem está no topo da pirâmide corporativa: homens cis brancos e mulheres cis brancas.

Na prática, isso significa que embora seja baseada em cálculos matemáticos, as ferramentas reproduzem os vieses inconscientes da nossa sociedade. Inclusive, é possível cruzar habilidades e sugerir que uma pessoa candidata que trabalhe com marketing há anos, se encaixe mais em uma vaga de ciência de dados, por exemplo.

O assunto é muito complexo e voltarei nele mais vezes. Por enquanto, convido você para ler o artigo A inovação é feita de gente e não apenas de tecnologia.

Palestras
Algoritmo da vida
A vida nem sempre segue um padrão lógico e previsível, mas pode ser compreendido e identificado.
CONTRATAR
Cultura organizacional para inovação​
Não basta criar soluções disruptivas sem fomentar um ambiente de trabalho com uma cultura forte.
CONTRATAR
Fluxo da vida e o tempo
A importância de compreender e aceitar o ritmo natural da vida e a relação do tempo com esse fluxo.
CONTRATAR
Futuro do trabalho e inteligência artificial​
As empresas precisam se preparar para as novas formas de trabalho e ampliar a colaboração entre as pessoas.
CONTRATAR
Inovação é feita de gente​
Aborda as habilidades fundamentais e as condições necessárias para promover a inovação com pessoas e não apenas com tecnologia.
CONTRATAR
Liderança ambidestra e exponencial​
Líderes ambidestros inovam de forma permanente, sem abrir mão da eficácia operacional.
CONTRATAR

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo

Conheça meus livros

Artigos relacionados

Fique por dentro!

Assine nossa newsletter e receba nosso conteúdo.

Ao preencher o campo acima você concorda com nossa Política de Privacidade.